Desafio energético do futuro.
A CS não limita a sua atuação ao fabrico de telhas e acessórios cerâmicos. É antes uma estratégia de atuação para uma construção mais sustentável. CS Solar
Numa visão mais abrangente, estabelece contactos com produtores de equipamentos que utilizam energias renováveis não poluentes, e desenvolve acessórios cerâmicos para integrar esses equipamentos nas coberturas, obtendo soluções mais robustas e com melhor desempenho, evitando a utilização de argamassas e reduzindo o recurso a rufos metálicos, além de serem de aplicação simples, poupando custos de mão-de-obra, e minimizando riscos de patologias.
A telha, desde que devidamente aplicada segundo as regras da arte contribui, por si só, para a eficiência energética dos edifícios. Uma cobertura cerâmica devidamente ventilada reduz significativamente a temperatura proveniente da exposição à radiação solar, através do efeito cumulativo do sombreamento e da circulação da camada de ar existente sob a telha.
A mesma situação verifica-se nas fachadas ventiladas, sendo o comportamento energético uma das vantagens das Fachadas Plasma.
http://coelhodasilva.pt/images/1/cms/120_20140121153047_cms_pages.jpg
Os acessórios de compatibilização com equipamentos solares permitem reduzir o impacto negativo motivado pelo “ruído visual” que estes equipamentos provocam nas coberturas e obtêm-se soluções mais resistentes, eliminando os componentes de ligação cuja durabilidade seja inferior à da telha cerâmica.
http://coelhodasilva.pt/images/1/cms/121_20140121153132_cms_pages.jpg
Todos os equipamentos existentes e experimentados, utilizando energias renováveis não poluentes e possíveis de instalar numa cobertura, fazem parte dos processos em execução ou em desenvolvimento incluídos no conceito CS Solar:
  • Painéis solar térmicos, para aquecimento de águas sanitárias;
  • > Painéis fotovoltaicos, para produção de energia elétrica;
  • > Ventiladores de exaustão fotovoltaicos, para assegurar a extração do ar interior;
  • > UTAs (unidades de tratamento de ar) fotovoltaicas, para assegurar a renovação do ar interior;
  • > Tubos solares, para proporcionar luz fria e 100% natural a espaços interiores.
http://coelhodasilva.pt/images/1/cms/122_20140121153150_cms_pages.jpg